sábado, 26 de setembro de 2015

Eu não!

É engraçado esse caminhar...
As coisas vem e vão com uma facilidade...
Um dia você tem tudo, e no outro você não têm nem a si mesmo mais.
Hoje a depressão bateu aqui, na porta do meu quarto.
E eu parei um minuto para olhar ao meu redor e reparei que: criei amizades fracas, amores falsos.
Até hoje não conheci alguém que merecesse de verdade os meus fiéis sentimentos!
As pessoas são tão vazias.. E se vendem por qualquer moeda.
As pessoas mentem.. E entram em castelos fúteis.
Até hoje, todos que conheci...
Não poderiam mesmo ficar aqui.
Eu não sou assim.
Eu sei o que sou.
E quer saber? Ainda é melhor ficar sozinha, do que com pessoas podres...
Eu estou só, eu sofro de solidão... Mas eu não quero a sua falsa piedade, suas falsas verdades, e sua alma imunda. Obrigada!

Nenhum comentário: